quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

"De uns dias pra cá, os ponteiros mal anunciam o meio-dia, e eu já me apaixonei trinta e três vezes. Algo muito natural, tendo em vista o óbvio: te querer bem é fácil. Um deslize. É macio. E não duvido que o céu, ao me ver tão vermelha, fique todo encabulado e resolva amar também. Eu percebo. Enquanto olho pela janela, com aquele pirulito de coração na boca, eu percebo. Percebo ainda quando as borboletas enfileiradas vêm morar em meu estômago e eu, distraidamente, começo a gostar."
Jaya M.

4 comentários:

Alexandre Fernandes disse...

As palavras de Jaya sempre são intensas. Menina maravilhosa que és, sempre consegue traduzir para palavras emoções conflitantes, declarações da alma.

É sempre possível nos identificarmos com ela e seus dizeres, porque vem do âmago.

Beijos

inspirações disse...

To meio assim: "Nossa que texto lindo".

To começando e te seguindo.

Beijos!

;)

Larissa disse...

Que lindo... me identifiquei demais.
Òtima escolha.
;*

ALİ EKBER ÇELİK disse...

boa noite
agradável
a
Comentário